domingo, 14 de fevereiro de 2010

Pulando do décimo segundo andar

Se nada mais der certo, eu pulo do décimo segundo andar do seu prédio. Faço um estrago na avenida mais bonita de São Paulo. Deixo você morta... não como eu... morta de vergonha, ou seria de remorso?

Nenhum comentário: