sexta-feira, 24 de junho de 2011

o copo foi ao chão e os cacos se espalharam, ela até tentou juntá-los, mas não conseguiu, chorou, sorriu, esperneou, sentiu-se suja, usada, burra, mas seguiu. viu que não valia a pena sofrer por algo que não tinha valor.

2 comentários:

Larissa Bello disse...

É realmente essa a sensação que se sente quando um copo de vidro cai no chão. Quebrei um outro dia de madrugada. Não sabia se deixava para limpar no outro dia ou naquela hora mesmo. A mania de limpeza falou mais alto. Limpei na mesma hora, depois voltei a dormir.

Nanda disse...

Adorei!!! Interpretei esse copo como algo mais, nao so um objeto... ;)

Eu ando viajando... rsrs

Bjao.