segunda-feira, 22 de agosto de 2011

asedequeda

abstinência

...

de abraços sinceros.

Um comentário:

Anderson Meireles disse...

Continua humana. Os outros é que estão deixando de sê-lo!
Abraço (Virtual e sincero)!