quinta-feira, 3 de abril de 2014

memória


ouvia os cantos dos pássaros e de nada se preocupava, perdeu tantas coisas, amores, amigos, enfim percebeu que nada era dela de verdade, nem a memória.

Nenhum comentário: